LIBERDADE

A liberdade é a liberdade. Não há liberdade verdadeira porque não há liberdade falsa. Nisso se parece com Deus. Falsos deuses também é expressão viciosa.

O despotismo e a licença não são liberdade verdadeira, nem falsa. São a negação absoluta do princípio livre. Partem do mesmo ponto, descrevem arcos iguais como a circunferência de um círculo, e vão reunir-se complacentemente com admiração dos tontos e justo desprezo dos menos lerdos.

In VASCONCELOS, Teixeira de – O Prato de Arroz Doce, p. 45

portographia 40
portographia 41
Anúncios